Boas notícias no “horizonte do Brasil”, como diz o hino nacional. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o desemprego recuou, no trimestre que vai de fevereiro a abril. O índice de 10,5% de desocupação é o menor para o período desde 2015. A taxa de desemprego no Brasil recuou 0,7 ponto percentual em comparação com o trimestre que foi até janeiro, e caiu 4,3 pontos em relação ao período no ano de 2021.

Para desespero da esquerda, outro número aponta para a retomada econômica do país – o percentual de empregados, com carteira assinada, subiu 2% no mesmo período, alcançando 35,2 milhões de pessoas. O dado negativo ficou por contado do rendimento médio, que caiu quase 7,9%, em relação ao mesmo perídio do ano passado. Os números apurados ainda sinalizam que 55,8% da população em idade de trabalhar está empregada ou em atividade.

Image by Daniel Dan at Pexels

Nesta semana, a pesquisa Sondagem Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) aponta que o índice de produção do setor alcançou 53,6% no mês de maio – maior que o valor registrado em abril, de 46,5 pontos. Segundo o levantamento, o emprego no setor também aumento, em relação a abril. O índice de evolução do número de empregados chegou a 51 pontos, crescimento de 0,5 ponto comparado a abril. Mais: o indicador que apresentou números no azul foi a Utilização da Capacidade Instalada (UCI), que mede o nível de atividade da indústria, que chegou a 70%, em maior.

Já a política externa do presidente Jair Bolsonaro também vai bem, apesar da imprensa, que nega o devido espaço para os avanços do país. Enquanto a mídia e político vociferam contra o chefe do Executivo, tentando colar a figura de “pária mundial”, os fatos vão em sentido contrário. Prova disso é a iminente entrada do Brasil na OCDE – Organização para a Cooperação e Desenvolvimento, a mais prestigiada entidade internacional, cujos critérios de ingresso para o grupo seleto de países democráticos são rigorosos. No ano passado, os investimentos estrangeiros no Brasil foram de US$ bilhões – 80% a mais, em relação a 2020, mesmo diante de um quadro pandêmico.

Enfim, o Brasil segue firme, driblando todas as narrativas contrárias.

 

By Mércia Maciel, jornalista e pedagoga, formada pela Universidade de Brasília.

 

 

Cover Image by by Anna Nekrashevich at Pexels

Author avatar
Português

Post a comment

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.